O que é planejamento financeiro e como colocá-lo em prática

O que é planejamento financeiro e como fazer na minha empresa?

Um planejamento financeiro é uma ferramenta essencial para o crescimento ordenado de uma empresa. Todas as atividades de um negócio giram em torno das condições financeiras: pagamento de contas básicas, folha de pagamento, renovação dos estoques, ações de marketing, investimentos de melhoria, entre diversas outras.

Quando a situação financeira não está em equilíbrio, fica muito difícil obter bons resultados operacionais. A falta de dinheiro para pagar o aluguel compromete a renovação dos estoques, que impactam diretamente nas vendas do mês seguinte – criando uma verdadeira bola de neve que pode comprometer o desenvolvimento da empresa.

Por outro lado, uma situação financeira favorável transmite tranquilidade ao empreendedor e permite que novos projetos sejam colocados em prática. É preciso ter controle sobre as finanças para testar novas ações de marketing, aumentar as ofertas de produtos e serviços ou realizar a mudança de sala comercial, por exemplo.

Veremos neste artigo o que é planejamento financeiro e como você pode utilizar essa ferramenta no seu negócio. Confira!

O que é um planejamento financeiro?

O que é um planejamento financeiro?

Acabamos de abordar a importância de possuir controle sobre as finanças da sua empresa, certo? Um planejamento financeiro é uma ferramenta que permite que você projete as receitas e despesas da sua empresa, possibilitando compreender melhor a situação econômica do negócio – tanto no presente quanto em momentos futuros.

Ao utilizar um planejamento financeiro, você assume controle sobre a situação financeira da empresa. Entre as informações que você pode analisar estão: situação atual do caixa, principais despesas, previsibilidade da receita, composição do desempenho financeiro obtido, viabilidade de novos investimentos, entre várias outras.

A importância dessa ferramenta para o crescimento de uma empresa

Imagine que você queira realizar um investimento para a compra de um novo equipamento de grande valor. Se você não possui um planejamento financeiro, será muito difícil verificar a viabilidade dessa compra. Talvez você não tenha condições para pagar as parcelas da compra sem causar um desiquilíbrio financeiro, mas talvez você esteja adiando uma compra que já poderia ter sido feita.

A importância do planejamento financeiro está na assertividade em gerar informações úteis para o empreendedor tomar as suas decisões e evitar situações desfavoráveis. Confira os principais fatores envolvidos em um planejamento financeiro:

  • Domínio sobre as movimentações do passado. É possível obter informações preciosas analisando as despesas e receitas de períodos passados, contribuindo para ações que minimizam os custos e maximizam os resultados.
  • Previsibilidade das despesas. Um dos grandes vilões do orçamento empresarial é a falta de previsibilidade das despesas. Quando você é pego de surpresa, fica difícil manter as finanças em equilíbrio, não é? Um planejamento financeiro inclui o controle sobre todas as contas futuras – incluindo salários de funcionários, 13º salário e férias, por exemplo.
  • Estudo de empréstimos. Nem sempre os empréstimos são um mal negócio para a empresa, porém é preciso saber quais são as situações em que essa é uma alternativa viável. Um planejamento financeiro permite que você saiba quando realmente é necessário contrair um empréstimo e prevê como pode ser feito o pagamento.
  • Provisão para pagamento de dívidas. Apesar de se esforçar ao máximo para prever as despesas futuras, acontecem muitas situações imprevistas no dia a dia de um negócio – como uma inundação nos estoques ou uma máquina com defeito. O planejamento financeiro estabelece uma provisão para cobrir essas situações sem que você sofra pesados impactos na situação atual do caixa.
  • Investimentos para o crescimento. O objetivo de qualquer empresa é crescer no mercado, certo? O planejamento financeiro busca transmitir tranquilidade financeira para que você possa ter confiança na realização de investimento que promovem o desenvolvimento da empresa.
  • Combate à inadimplência. Os clientes inadimplentes estão presentes em qualquer negócio. É possível se antecipar a eles para que os impactos nas finanças sejam reduzidos. Isso pode ser feito com uma provisão para cobrir os prejuízos e considerando, no momento do planejamento, que parte da receita pode estar comprometida por conta dos inadimplentes.

Como criar um planejamento financeiro no seu negócio?

Como criar um planejamento financeiro no seu negócio?

Com tantas funcionalidades positivas, você deve estar se perguntando como pode criar um planejamento financeiro no seu negócio, não é? Confira algumas dicas para começar a utilizar essa ferramenta:

  • Registre todas as movimentações financeiras. A base para o seu planejamento financeiro é o registro de todas as movimentações de entradas e saídas financeiras da sua empresa. Adote um controle rigoroso – seja em uma planilha ou software específico de fluxo de caixa.
  • Controle as contas futuras. Além de registrar as movimentações que estão acontecendo, é preciso monitorar todas as contas futuras – como o recebimento de clientes, pagamentos parcelados, folha de pagamento, impostos, entre diversos outros.
  • Esteja preparado para imprevistos. Conforme vimos no capítulo anterior, o planejamento financeiro precisa estar preparado para lidar com situações imprevistas sem que você sofra muitos impactos financeiros. Faça provisões para cobrir essas situações e fique atento para prever os gastos com antecedência.
  • Projete cenários futuros. Trabalhe com a projeção de vários cenários para o futuro (pessimista, realista e otimista) para saber exatamente como agir em cada uma dessas situações. Além disso, a elaboração desses cenários permite uma análise mais aprofundada sobre as movimentações previstas ou imprevistas.
  • Revise o planejamento financeiro constantemente. O planejamento financeiro é uma ferramenta dinâmica, em mudança constante. Por isso, o exercício de controlar as finanças da empresa também deve ser constante.

Você já conhecia a importância do planejamento financeiro? A sua empresa costuma utilizar alguma ferramenta para o controle das finanças? Deixe o seu comentário!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *